quarta, 20 de setembro de 2017

Notícia

As sessões da Câmara de Vereadores são realizados na segunda e quinta-feira. Foto: Samuel Ferreira.

Confira os projetos aprovados na sessão do dia 11 de setembro

Projetos aprovados durante a sessão do dia 11 de setembro. 

Faleceu na manhã do dia 17 de agosto de 2017, a Empresária, Esposa, Mãe, Irmã, Tia, Personal e Amiga Ana Flávia Di Domenico Didoné, aos 49 anos de idade.

Natural de Curitibanos - SC, Ana Flávia Didoné era filha de Ivanilda Di Domenico (in memorian) e Augusto Di Domenico (in memorian). Casada com Luiz César Didoné, teve dois filhos, Fabiano Didoné e Gabriel Didoné.

Pessoas como Ana Flávia merecem um verdadeiro reconhecimento, porque deixam marcas, rastros, sentimentos, lembranças e uma saudade que só o tempo poderá amenizar.

Certamente sua passagem contribuiu e, muito, para todos que estavam a sua volta. Sua palavra de amizade e consolo sempre soaram como conforto a todos que tiveram o prazer de conhecê-la.

Conhecida pela amizade, carisma e empatia, Ana Flávia era muito mais que uma simples beleza exterior, possuía uma essência rara de se ver e se sentir.

Como mensagem de carinho enfatizamos que a morte é a continuação da vida em um plano espiritual. Devemos nos conscientizar que nunca perderemos para morte, mas, sim, ganharemos para a vida, pois tivemos o prazer de conviver com pessoas especiais da quais tanto amamos, como é o caso da nossa "querida" Ana Flávia.

Santo Agostinho é perfeito em sua mensagem de carinho e, por isso, entendemos conveniente trazê-la a comento: “A morte não é nada. Eu somente passei para o outro lado do Caminho. Eu sou eu, vocês são vocês. O que eu era para vocês, eu continuarei sendo.Me deem o nome que vocês sempre me deram, falem comigo como vocês sempre fizeram.

Vocês continuam vivendo no mundo das criaturas, eu estou vivendo no mundo do Criador. Não utilizem um tom solene ou triste, continuem a rir daquilo que nos fazia rir juntos. Rezem, sorriam, pensem em mim. Rezem por mim.

Que meu nome seja pronunciado como sempre foi, sem ênfase de nenhum tipo. Sem nenhum traço de sombra ou tristeza. A vida significa tudo o que ela sempre significou, o fio não foi cortado. Porque eu estaria fora de seus pensamentos, agora que estou apenas fora de suas vistas?
Eu não estou longe, apenas estou do outro lado do Caminho...

Você que aí ficou, siga em frente, a vida continua, linda e bela como sempre foi." (Santo Agostinho)
Deste modo, manifestamos nosso profundo respeito e pesar, rogando a Deus que traga conforto aos corações enlutados. Desejamos que a paz, o consolo e a força da fé reinem no meio de todos os familiares, principalmente dos pais, irmãos, esposo e filhos de Ana Flávia.
Ante o exposto e atendidas as formalidades regimentais, que seja acolhida e enviada a presente MOÇÃO DE PESAR aos familiares Ana Flávia Di Domenico Didoné, notadamente ao Esposo Luiz Cézar Didoné, aos filhos Fabiano e Gabriel Didoné e, aos irmãos Rúbia Di Domenico e César Augusto Di Domenico, a quem externamos nossas sinceras condolências.


Moção de Pesar n.º 0012/2017 (aprovada por unanimidade)
Está previsto na Constituição Federal art. 196, que: “A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação”. Este texto, por si só, deveria garantir que todas as crianças que necessitem de medicação especial sejam atendidas pelo Estado, sem precisar passar por processos desgastantes na busca por seus direitos, que em tese, já está deliberado pela Carta Maior.

A essência desta Moção de Apelo é intervir em favor do pequeno João Teixeira Marques, portador da Microcefalia, e que necessita fazer uso da medicação denominada Toxina Botulínica, fornecida pelo Estado de Santa Catarina.

As aplicações dessa medicação são realizadas no Centro Catarinense de Reabilitação, em Florianópolis, e o menino João já se utiliza deste benefício há mais de um ano. Porém, no mês de maio, quando necessitou de mais uma aplicação, sua mãe, a senhora Roseli Teixeira, foi informada de que a medicação estava suspensa.

A falta da toxina botulínica trará graves consequências à saúde já precária do João, que entre tantas, consegue respirar melhor sob o efeito dessa medicação e também tem grande importância contra o atrofiamento dos músculos do seu organismo. Não se trata apenas de melhorar seu quadro de saúde ou de manter o atual. Está em questão a vida do menino, que luta para sobreviver com as chances que tem.

A intercessão desta Casa junto a Agência de Desenvolvimento Regional e Secretaria Estadual de Saúde, é no sentido de APELAR que as aplicações do medicamento voltem a ser realizadas, com urgência, a fim de que o tratamento possa ser retomado o mais breve possível.

A luta do João não pode ser apenas dele. A Câmara de Vereadores, na qualidade de feitora das leis, precisa interferir e engajar nessa causa. Ainda que assim não tivesse essa obrigação legal, teríamos a moral, porque não nos é possível ficar inerte enquanto uma criança sofre. Longe de tentar sustentar os males do mundo, nos é cabível ao menos, interceder pelos que estão à nossa volta.

Assim, solicitamos a aprovação desta Moção de Apelo, para que seja encaminhada em nome desta Casa Legislativa ao Exmo. Sr. Luiz Cesar Abrahão, Gerente Executivo da ADR; ao Secretário de Estado da Saúde Vicente Augusto Caropreso e ao Deputado Estadual Nilso José Belanda, no sentido de pleitearem o fornecimento e aplicação imediatos da medicação Toxina Botulínica, para que o João Teixeira Marques continue o tratamento necessário.

“A responsabilidade de todos é o único caminho para a sobrevivência humana.” (Dalai Lama)

Indicação nº 0127/2017, - Solicita pintura em faixas de segurança (pedestres) na Avenida Salomão Carneiro de Almeida em frente ao Estabelecimento Nutrire e na esquina da Casa da Televisão.

Projeto de Lei nº 0073/2017 - AUTORIZA O PODER EXECUTIVO A FIRMAR PARCERIA COM MORADORES PARA FORNECIMENTO DE PEDRAS DE REVESTIMENTO. APROVADO POR UNANIMIDADE. Baixou Comissões de Constituição e Justiça, Finanças e Orçamento, Obras, Planejamento e Serviço Social.

Projeto de Lei nº 0074/2017 - INSTITUI O PROGRAMA DE INCENTIVO À DIFUSÃO DE TECNOLOGIAS AGRÍCOLAS NO MUNICÍPIO DE CURITIBANOS. baixou Comissões de Constituição e Justiça, Finanças e Orçamento.

Projeto de Lei Complementar nº 0014/2017 - INSTITUI O CÓDIGO TRIBUTÁRIO DO MUNICÍPIO DE CURITIBANOS E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. Baixou Comissões de Constituição e Justiça, Finanças e Orçamento.

Ordem do Dia

Projeto de Lei nº 0070/2017 - ALTERA OS ARTIGOS 1º E 2º DA LEI Nº 5.919/2017 PARA RETIFICAR A ÁREA DE EXTENSÃO DA OBRA. Aprovado unanimidade.

*Assessoria de Comunicação - Câmara de Vereadores Curitibanos.